31 dezembro 2009

Battery: charged!


E voltei ao atlântico com as baterias carregadas!
Carregadas de mimo da família, de beijos dos sobrinhos, de momentos com os amigos...e também de comida a mais da mamã!
Matei saudades das azinheiras e oliveiras centenárias, do cheiro a lareira que se sente nas ruas da vila, das cegonhas e das pegas-rabudas, e também dos cantinhos pitorescos da minha terra (aos quais só damos valor quando de lá saimos).
Tudo isto, bem como o ar frio que me entrou nos pulmões revitalizou-me e deixou-me pronta para enfrentar o novo ano que se avizinha.
Bom ano a tod@s quanto por aqui passam!




(foto in flickr by Loca) 









 [re:jazz] - Bibo No Aozora




28 dezembro 2009

Air



E já não vou estar por cá para ver estes moços :(
Muito muito bom!
Não me posso queixar muito, pois até temos visto uns espectáculos com bastante qualidade por terras de lá.

27 dezembro 2009

O passar dos anos


(foto in meloes-melodia.blogspot.com) 


Desde que cheguei, tenho contido a nostalgia que teima querer sair em lágrimas devido à constatação, cada vez mais evidente, de que o passar dos anos está a mostrar o seu efeito sobre os meus pais.
Presenciar o entorpecimento dos gestos, a execução cada vez mais lenta dos pequenos afazeres, o sentir a frustração que os invade por nós assistirmos e necessitarem de ajuda nas suas “batalhas” as quais, por vezes, já não conseguem travar conforme se haviam proposto inicialmente; tudo isto deixa-nos, a nós filhos...angustiados, revoltados, impotentes.
Eu, em especial, por vir a casa com menor regularidade que os irmãos, sinto o peso de não estar presente, quero tentar compensar em meia dúzia de dias a ausência de meses e não consigo deixar de me sentir revoltada comigo própria por saber que de pouco vale o que faço e por me mostrar impaciente em determinadas situações, pois os manos “aguentam o barco” e estão por perto todo o ano e eu, a pensar no meu umbigo, à distância de meio oceano, não os estou a auxiliar e a acompanhar na velhice.
Serei egoísta por ter dado um rumo à minha vida distante deste porto?
Tem dias, como hoje, em que sinto que sim e outros em que sei que o meu caminho não passava por aqui...mas hoje dói.



Ryuichi Sakamoto - Nostalgia

26 dezembro 2009

Hoje


Hoje, ao chegar aqui ...

...no exacto momento em que se estacionou o carro, recebi uma mensagem da gaivota com uma foto daqui...
...o que prova que, mesmo à distância, nos dois pontos mais altos do país, estamos em sintonia!

Emancipator - First Snow

25 dezembro 2009

Miss you...

Separadas pelo mar, mas sempre com o pensamento em ti, em especial porque queria estar a partilhar tudo contigo...

Tracy Chapman - The Promise
"Together again
It would feel so good to be
In your arms
Where all my journeys end"

Mais música...de Natal!

Não foi um Natal "at Sea" mas foi um Bom Natal com a família, no entanto...faltas tu, sem a qual já nada me parece completo.
Como já me estive a deliciar com uma das ofertas de Natal, aqui a venho partilhar.


...e para ti, um clássico, com todo o meu amor :

23 dezembro 2009

Feliz Natal

Que sejam felizes, são os votos que vos deixo aqui.





e já agora não deixem de dar uma vista de olhos a este Postal de Natal.

21 dezembro 2009

Tá frio!


(imagem em: http://correiodobrasil.ig.com.br/foto/leitor/polonorte.jpg)

A cegonha chegou ao ninho e a primeira reacção foi:
- "Porra, que tá frio!"
Sinto-me como se estivesse no Pólo Norte!
Não dou um passo para fora da lareira em que não sinta frio.
Ok, tudo bem que eu disse que gosto de sentir o ar frio a entrar nos pulmões, mas não era preciso tanto!
Já estou mesmo a ver que vou passar o tempo quase todo a atirar lenha para o lume, dando assim cabo de todo o stock que o meu pai acumulou para eu queimar!
Que bom!
faltas cá tu...amor meu. :(



Emilie Simon - Ice Girl

16 dezembro 2009

"August Rush"

Porque as vizinhas Debaixo do Pessegueiro fizeram um post no qual falavam da Kaki King, lembrei-me desta grande virtuosa da guitarra e do filme em que conheci a sua sonoridade e deu-me vontade de o ver outra vez, porque soube tão bem!
Quem ainda não viu "August Rush", aconselha-se!







15 dezembro 2009

Brancas!

Porque será que com o aproximar da ida à terrinha o que mais pára na minha cabeça não são as saudades imensas, mas sim a reacção que todos, principalmente os pais, vão ter ao ver as imensas brancas com que fiquei desde a última vez que me viram?
Sim, estou a falar de cabelos brancos!

imagem in: http://euemeusrabiscos.blogspot.com 


Será porque, em especial, a minha mãe vai sentir que também eu estou a envelhecer?
Ou será porque eu mesma me sinto envelhecer?
Ou serão simplesmente tolices de quem está inquieta por lá chegar?



Humanos - Rugas (António Variações)

11 dezembro 2009

Fãs!

Qual "Ídolos" qual quê!
Cá por casa somos fãs incondicionais do "So you think you can dance", do melhor!
E aqui ficam alguns exemplos de coreografias fantásticas que lá se apresentam e do excelente desempenho dos bailarinos.
Enjoy it!

Kherington & Twitch - Dreaming With a Broken Heart (Contemporary) / Coreografia de Mia Michael


Katee & Joshua - Hometown Glory (Contemporary) / Coreografia de Mia Michael


Will & Jessica - Silence (Contemporary) / Coreografia de Tyce Diorio

P.S. - adoro a coreógrafa Mia Michael!

07 dezembro 2009

Reflexos



Vejo-me a fazer o que não quero,
a ter de adaptar princípios,
porque a "matéria prima" está em constante mudança,
porque há que ter em atenção imensos factores,
porque já ninguém se responsabiliza pelos seus,
é mais fácil empurrar para os outros...
E até que ponto se aguenta?
Desmotivação!
Até onde se esticam os princípios?
Onde se diz chega?
O futuro está nas mãos destes?
O que estamos a criar?
De quem é a culpa?
Só sei que estou à beira de uma "ruptura de ligamentos"
e não consigo flexibilizar muito mais.
Vejo o meu reflexo e não me conheço,
faço o que o sistema me permite,
mas não gosto que ele só me possibilite fazer tão pouco...




Bernardo Sassetti - Music Around Circles

Pensar para revelar



Ora, com que então revelações?
Querem ver se "tiram nabos da púcara"?
O desafio chega-me de duas vizinhas, a Pano pRa Mangas e a Orquídea as quais pretendem que faça 5 revelações acerca da minha pessoa.
Então, após alguma reflexão e análise, aqui vai, para quem quer que queira saber:

a) Eu já... estive no ponto mais alto do país.
b) Eu nunca... fui ao Gerês (eu sei, lamentável)!
c) Eu sei... que, apesar de diversos factores, sou uma pessoa afortunada.
d) Eu quero... conseguir contar aos meus pais.
e) Eu sonho... um mundo livre de preconceito.

Passo o desafio a (azarinho aos repetidos): G, Kris, Beganga, Dantins e Nina

02 dezembro 2009

Pets

O programa preferido do meu amor é....
...o Hospital dos Animais!



...e é uma delícia ver os seus olhos a brilhar, tipo criança, sempre que o programa começa!

Já que estamos numa de animais aqui fica algo a reter na quadra natalícia que se aproxima:

30 novembro 2009

Laurear a pevide


Como boa portuguezinha que é, o meu amor gosta muito de um bom passeio domingueiro, então lá passámos ontem o dia quase todo a "laurear a pevide", expressão esta que ela não conhecia e à qual achou muita graça bem como ao seu sinónimo: "andar com o cu tremido".
É preciso vir uma "cubana" por aí abaixo explicar os tesourinhos das expressões portugas!!
Resumindo, só ensino asneiras!


Bajofondo - Tuve Sol

27 novembro 2009

Quem diria?

Quem diria que na Indonésia se fazia boa música Indie?
(Ok eles devem dizer o mesmo de nós! Ou pior, tendo em conta factos históricos!)

O som agradável e as imagens ao estilo anos 70!

White Shoes & The Couples Company - Senandung Maaf

De referir que descobri o grupo porque foi aconselhado numa entrevista feita a Eirik Glambæk Bøe (Kings of Convenience)

23 novembro 2009

Apetece-me...

...Mahler


Gustav Mahler - Sinfonia Nº5 , Adagietto

...há dias asim!

20 novembro 2009

Agradecimento

Não queria, mas vou ter de voltar a falar deste assunto, o qual tem-me deixado irritada a semana toda, pois depois do programa de 2ªfeira, que tod@s vimos (que mais valia não ter visto), é difícil ficar impávida e serena com todas as barbaridades que foram ditas.
Ainda bem que há pessoas que não se esgotam, nem desanimam ao defender os nossos direitos e que suportam a falta de conhecimento e insensibilidade de outros.
A todas elas faço um agradecimento, pois como é referido aqui, nem todos somos tão heróicos e corajosos assim e é de pessoas como estas que nos valemos, porque travam as noss@s "batalhas", motivo pelo qual devemos reconhecer inequivocamente o seu mérito.
Obrigada.

13 novembro 2009

Claustrofobia


Já há 7 meses que não saio da ilha, o que significa que já me começo a passar!
Saudades dos pitucas, dos manos, dos pais, dos amigos de lá, dos espaços!
A antecipação do frio a cortar a face, do fumo a sair pelas chaminés, os cheiros a lenha queimada e a terra molhada...
A ilha está a apertar-se sobre mim?
Poderá dizer-se que é claustrofobia?
Cada vez tenho menos motivação para o trabalho, cada vez menos paciência para alguns colegas e para alguns putos que, coitados, não têm culpa dos pais que lhes sairam na rifa!
Para as burocracias, para objectivos irreais, para faz de conta só para constar!
É...nesta altura do ano, com o Natal à espreita, com a passagem marcada, com todos a antecipar a chegada, começo a sentir-me ansiosa.
Porque já prevejo que quero dar atenção a tanta gente quando lá chegar e que o tempo é tão pouco; que quero descansar, mas também matar saudades de caminhos, ruas e locais; que quero que ela esteja comigo, mas que ainda não chegámos a essa fase e cada uma segue para seu canto; as saudades que vou sentir, acima de tudo porque quereria estar a partilhar...
Penso demais?
Eu sei...é defeito.

Nitin Sawhney - "Homelands"

09 novembro 2009

Jazz no seu melhor

Até parece que está relacionado com a música colocada no post anterior mas não está.
Hoje de manhã, pra meter "ferro" o mano caçula mandou-me isto:
Pois é, não tirando o mérito aos restantes artistas, no Guimarães Jazz vai estar presente a grande voz de Cassandra Wilson, mais precisamente no dia 20 de Novembro.
Para quem não conhece, gosta de Jazz e puder dar um saltinho ao berço da nação, este é um daqueles concertos a não perder (não digo nada aos que conhecem porque de certeza que vão)!
Para mim não há artista que faça covers mais fantásticas do que ela!
A não perder!
Aqui fica uma amostra (alargada):

Também quero!!!!!

08 novembro 2009

Frágeis

Estamos a atravessar dias em que muito se fala sobre n@s,
se por um lado é bom porque a discussão permite que a população em geral reconheça a importância do assunto,
por outro têm-se ouvido grandes barbaridades xenófobas e homofóbicas, num claro desrespeito pela identidade de cada um.

Entretanto, temos que acreditar que os nossos direitos serão uma realidade e não deixar que tais declarações nos afectem e ganhem relevância,
pois debaixo da capa de dureza que o assunto exige, não deixamos de ser pessoas frágeis...

"How fragile we are how fragile we are"

Cassandra Wilson - "Fragile" cover, original de Sting

06 novembro 2009

O regresso tão esperado de...Sting

Finalmente o novo trabalho de Sting " If On a Winter's Night ", não é considerado, pelo próprio, um álbum de Natal, mas sim um álbum de Inverno!
Com sonoridades de Pop, de Jazz, de Folk, de...Sting!
Que bom, como sempre (Ok, a minha opinião é tendenciosa pois sou fã incondicional)!

NOTA: Aceita-se como prenda de Natal : )

04 novembro 2009

"Teoria do divertimento"

Porque serão necessários estímulos para mudar o nosso comportamento para melhor?
Ainda para mais em situações que sabemos, à partida, o que é melhor ou o mais correcto!
Somos mesmo uns "bichinhos" estranhos!!!







Iniciativa baptizada de "Teoria do Divertimento". Por detrás da iniciativa está a Volkswagen, com uma acção de marketing que foca no bem estar e educação das pessoas.

"...something as simple as fun is the easiest way to change people’s behaviour for the better. Be it for yourself, for the environment, or for something entirely different, the only thing that matters is that it’s change for the better."

Para mais pormenores podem consultar http://www.thefuntheory.com

30 outubro 2009

Pensamentos similares


Ontem, após receber este excerto de BD, enviado pelo "mano velho", os meus olhos ficaram turvos e meu corpo sentiu um arrepio por, uma vez mais, me aperceber o quanto sou parecida com ele.
Passo a passo, acima de tudo profissionalmente (mas não só!), tenho percorrido os mesmos trilhos e sofrido da mesma forma. A desilusão tem sido uma constante, com o que acarreta consigo, pois cada vez mais nos tornamos descrentes e reticentes, em suma, desiludidos.
Está-nos no sangue, na alma, esta forma de ser, esta entrega, esta necessidade de nos sentirmos úteis e de contribuirmos para algo melhor. Alguns dizem que levamos as coisas muito a sério, muito a peito...sabemos que devíamos relaxar um pouco mais, mas é mais forte que nós, não conseguimos ser indiferentes. Ou é ou não é! Com todos os dissabores que o ser assim nos traz e às pessoas que nos rodeiam, as quais muita paciência têm!



Alpha - "Somewhere not here"


(imagem in:  "Ébano" - Os passeigeiros do vento; de Bourgeon (Setembro de 2009) Edições Asa II)

26 outubro 2009

Contenção!

Uma vez mais ela foi de viagem de trabalho e com a pressa de ir para o aeroporto nem um beijo demos ao sair de casa!
E o mais triste é que não é a primeira, nem a segunda vez que tal acontece!
Com a pressa esquecêmo-nos!
E depois é tarde demais... não basta o facto de termos de nos separar, ainda tem sempre que bastar um abraço e um beijo na face, os quais sabem a pouco.


Até um simples beijo é contido!

Onde está o mal? Nos outros ou em nós?
No não queremos "ferir" susceptibilidades ou no não nos queremos expôr?
Não é falta de orgulho de quem somos e do que temos, mas a omissão social é mais simples, pois não nos é indiferente o que nos rodeia.
Cobardia? Talvez o seja... neste momento basta-nos que os amigos o saibam.
Mas é difícil, foi difícil ontem conter o beijo que te quis dar no aeroporto....


Cinematic Orchestra feat Lou Rhoudes - " Time and Space"

23 outubro 2009

Na cama...

...não, não é o que estão a pensar!
Estavamos nós ontem deitadas na cama a preencher um inquérito dirigido aos consumidores, quando surge a questão seguinte:


olhámos-nos nos olhos, esboçámos um sorriso, colocámos a cruz e demos um beijo.
Se a legalização do casamento entre pessoas do mesmo sexo vai em frente ou não, não sabemos, mas que nós nos sentimos mais "casadas" do que muitos casais hetero que conhecemos, de isso não temos dúvidas!
Que seja desta!

22 outubro 2009

O pituca


O Pituca (subentenda-se sobrinho) mais velho fez este desenho e eu derreti-me toda....
Ok, foi na escola, mas não deixou de pensar na tia, nos cagarros e nas baleias.
E é também por isto que por vezes fico triste por não estar mais perto....

Adriana Calcanhoto - "Oito anos"